Cesário Alves
Entra em mim / Walk through me

 

 

 

 

  

 

 

EEM 2, Guimarães, Portugal, 2012 

 

 

..............................................................................................................................................................................................

 

 

7 retratos de perfil: / 7 profile portraits:
Cesário Alves
Mafalda Martins
Paulo Azevedo
Elisabete Costa
Pedro Correia
Margarida Ribeiro
Miguel Pipa 
 

 

 

 

 

 

 

  

 
Entra em mim, instalação a partir de 7 retratos fotográficos de perfil. Galeria do Plano B, Porto, Portugal, 2008 
/Entra em Mim (Walk through me), instalation/sculpture from seven profile portraits. Plano B gallery, Porto, Portugal, 2008 

 

 

 

Este projeto tem como base técnica o processo fotográfico contemporâneo e beneficia da eficiência de um workflow digital desde a captura até à projeção da imagem na superficie de madeira. A partir daqui todo o processo se torna manual como os retratos "silhueta" do séc XIX que alimentam esta ideia. Os perfis ampliados e recortados são integrados numa estrutura para instalar num espaço público, com uma escala que permite a circulação pelo seu interior.

/ This project is technically based on the contemporary photographic process and benefits from a digital workflow from capture to projection onto a wood surface. From this moment on everything becomes absolutely manual, just like nineteenth century "silhouettes" that feed this idea. Profiles cut mannualy, are enlarged and put into a structure suitable for a public space, in a scale which allows for the public to walk into it.

 
 
 
 
 
 Viana do Castelo, Portugal, 2010
 
 
 
 
Contexto histórico 
 
Os retratos pintados tornaram-se muito populares entre a burguesia emergente do séc XVIII, que os consideravam símbolos de estatuto social, possibilitando a sobrevivência e afirmação de artistas. Alguns pintores especializaram-se em retratos miniatura, que se podiam fazer com baixo custo, transportar e partilhar facilmente. A popularidade dos retratos por contorno (silhouette)  deve-se também a este crescente interesse pelo retrato. Havia recortadores de cartolina preta que faziam perfis recortados com alguma semelhança, depressa e por pouco dinheiro. O fisionotraço de Gilles-Louis Cretien (1784), dispositivo de desenho pantográfico que delineava o contorno da sombra de um rosto de perfil em contra-luz, permitia obter uma silhueta com maior semelhança. 
 
 
/ Historical context
 
Painted portraits became very popular amongst growing bourgeoisie in the eighteenth century, a symbol of social status which allowed for the survival and recognition of artists. Some artists specialized in painting miniature portraits that could be made faster and easily transported. Popularity of silhouette portraits also grew, there were black card cutters doing the profiles of people with a fair resemblance, making the fastest and cheapest portraits one could get. In 1784 Gilles-Louis Cretien developed the physionotrace, a drawing device which allowed for a much better profile to be made.
 
 
 
 

Silhueta de Jane Austen, c. 1810 / Silhouette of Jane Austen, c. 1810
( c. 1810-1815, from the second edition of ''Mansfield Park'' inscribed "''L'aimable Jane''" and presumed to be of Jane Austen. The silhouette has been attributed to a silhouette-maker, Mrs. Collins, who worked in Bath around 1800. 4 in. x 3). 
from: http://en.wikipedia.org/wiki/File:JaneAustenSilhouette.png
 
 
 
O processo fotográfico que apareceu em meados do séc. XIX e se desenvolveu e simplificou muito até à viragem para o séc. XX, proporcionou uma forma rápida e acessível de obter um retrato democratizando-o. Apareceram os retratos "cartes de visite", muitos pintores retratistas comerciais, adaptaram-se à nova tecnologia e tornaram-se fotógrafos. Deste modo outras formas de representação do retrato como a silhueta de perfil, foram caindo no esquecimento.
Nas últimas décadas do século XIX, o desenvolvimento da indústria fotográfica manteve-se directamente relacionado com a comercialização alargada do retrato burguês (como refere Pedro Miguel Frade, na introdução ao livro Fotografia e Sociedade de Gisele Freund - Edição Vega).
 
 
/ The photographic process which appeared  in 1839, developed and simplified greatly until the end of the nineteenth century. Photography took the job of making portraits in the fashion of "cartes de visite" making access to one's own likeness more democratic. Some commercial painters became photographers, adapting to the new technology. Soon other popular portrait representation forms like the "silhouette" were forgotten.
 
 
 
 
 
Thomas Holloway, a sure and convenient machine for drawing silhouettes, 1792
from: projectionsystems.wordpress.com/2009/09/10/physiognotrace
 

 

 

Entra em mim / Walk through me 

 

 
 Estrutura base e dimensões / Basic structure and dimensions

 

Materiais utilizados / Materials:

8 placas de MDF cru de 185 x 250 x 2 cm / 8 MDF boards, 185 x 250 x 2 cm

36 barrotes de pinho 60 x 60 x 250 cm / 36 pine beams 60 x 60 x 250 cm

120 parafusos de aço / 120 steel screws

 

 

 

Desenvolvimento futuro / Future development

Adicionar luz e sensores de movimento / Add light and motion sensors

 
 
 
Fotografias de Paulo Pinho / Photographs by Paulo Pinho
 
 
 
 
Autoria/concepção / Authorship:   Cesário M. F. Alves
 
Produção / Production:   Nuvem Voadora, associação cultural
 
Construção / Building:   Luís Miguel Filipe
 

 

 

 .................................................................................................................................................................................

 

 

EEM 2

A segunda vida 

/ The new life

Partindo da simplicidade gráfica da silhueta, o projeto EEM 2 (Entra em mim) procura materializar de forma lúdica e interativa, 7 retratos de perfil, integrando-os numa estrutura de madeira para instalar num espaço público. Os perfis ampliados e recortados em MDF, permitem que os eventuais visitantes entrem literalmente na obra, atravessando o negativo dos retratos. 

Este trabalho é uma exploração de possibilidades de representação de imagens fotográficas bi-dimensionais em espaço tri-dimensional, bem como de interação física com o público. Surge de uma reflexão artística a partir do processo histórico de representação do retrato de perfil em silhueta, que antecede o aparecimento da fotografia no séc XIX como um modo acessível e eficaz de identificação e partilha da imagem pessoal. 

 

The project EEM 2 (abbreviation of the title: "Entra em mim" that translates roughly to "Walk through me") comes out of the graphic simplicity of the silhouette (shadow profile portrait) and attempts at materializing in an interactive way, seven contemporary silhouettes into a large wooden structure, in the form of an installation/sculpture for a public space. The profile portraits cut from wood are enlarged to a scale which allows for the viewer to literally walk through it.

This work is an exploration of the possibilities of the representation of bi-dimensional photographic images into tri-dimensional space and interaction with the public. It sources from the historical process of the silhouette which precedes the discovery of photography in the nineteenth century, as an inexpensive and fast way of producing and sharing one's own portrait.

 

 

 

  

Com o apoio técnico do LCD Guimarães ( lcd.guimaraes2012.pt ) desenvolveu-se um sistema de iluminação, ativado com sensores e controlado com a plataforma de prototipagem eletrónica Arduino

/ An interactive light system was developed with the support of LCD Guimarães ( lcd.guimaraes2012.pt ), with PIR sensors and the Arduino prototyping platform

 

 

 

Para o desenvolvimento do sistema de iluminação da estrutura construiu-se um modelo à escala 1:8 para efetuar testes

/ For the development of the interactive light system in the structure, a model was built for testing in a 1:8 scale

 

 

 

 

 

Em exposição num armazém da Ilha do Sabão, Rua de Couros, centro histórico de Guimarães apenas nos dias 21 e 22 de Julho de 2012

/ Showing on the 21 st and 22nd of July at Ilha do Sabão, Rua de Couros,  in Guimarães, European Capital of Culture 2012,  Portugal

 mapa / map 

 

 

 

 

  .................................................................................................................................................................................

 

 

 

  

Ficha e detalhes técnicos / Technical details:

 

Criação de Cesário M. F. Alves com a colaboração de Miguel Pipa

/ Concept and production by Cesário M. F. Alves with the collaboration of Miguel Pipa

Eletrónica e programação de Ricardo Lobo com colaboração de João Gonçalves e Nuno Barros

/ Electronics and programing by Ricardo Lobo with the collaboration of João Gonçalves and Nuno Barros

 

Registo fotográfico digital / Photographic digital capture


MDF crú recortado, estrutura em madeira / Wood cut structure


Arduino e electrónica personalizada / Arduino and personalized electronics and programing


Faixas de LEDs / LED strips


Sensores PIR / PIR sensors